Municípios promovem inclusão digital, acessibilidade e aprendizado lúdico nas Escolas Públicas

Do Norte ao Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a PlayTable vem modernizando a realidade da educação brasileira com a soma de tecnologia e ludopedagogia nas salas de aula. Diversos municípios de diferentes regiões do país estão colhendo alguns benefícios com a PlayTable, como a melhoria em seus IDEBs, inclusão digital, acessibilidade e aprendizado lúdico nas Escolas Públicas.
 

Praia Grande (SP) – No litoral paulista as aulas de informática são transformadas em brincadeiras e muito aprendizado com as mesas digitais.

As salas de informática das escolas municipais de educação infantil de Praia Grande, no litoral de São Paulo, começaram o ano letivo de 2019 equipadas com 274 mesas interativas. A tecnologia é voltada a crianças de três a cinco anos e irá funcionar como um complemento às atividades realizadas em sala de aula. Os laboratórios serão equipados com até nove mesas, sendo que cada uma poderá ter quatro alunos realizando atividades simultaneamente. A tecnologia conta com 16 aplicativos e mais 200 atividades, proporcionando desenvolvimento do raciocínio lógico, coordenação motora, memorização, atenção e paciência e criatividade.
Informações são do site G1. Leia mais aqui.

Tianguá (CE) – Ludopedagogia para inclusão escolar no Ceará

O município de Tianguá, localizado na região Noroeste do Ceará, conta com o Núcleo Tecnológico de Educação Municipal (NTEM), responsável pela assistência de 34 laboratórios de informática e acompanhamento pedagógico nas escolas do município. Em 2015 o NTEM ganhou um recurso a mais para engajar estudantes do ensino infantil e fundamental: 22 unidades da PlayTable. A tecnologia ludopedagógica beneficia cerca de 2 mil alunos, 60 da educação especial. “As tecnologias educacionais combinadas com inovação pedagógica melhoram o processo de ensino e aprendizagem por torná-lo mais dinâmico, interativo e por dar mais autonomia à criança”, afirma a coordenadora do Núcleo, Samile Fernandes Martins.
Informações do Blog Vencer Limites do Estadão. Leia mais aqui.

Mossoró (RN) – O projeto PlayTable está modernizando as escolas com tecnologia para que a criança possa integrar-se com o mundo digital.

As mesas digitais também foram escolhidas por Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, para auxiliar os professores que atuam nas fases iniciais da educação infantil e ensino fundamental. O uso de tecnologias educacionais motiva os estudantes que estão em fase de alfabetização, por meio de jogos e aplicativos lúdicos, que podem aprender enquanto brincam. O município adquiriu 200 mesas digitais, que foram alocadas em mais de 20 escolas de Mossoró, sendo 18 na zona rural e 5 na zona urbana.

Dias D’Ávila (BA) – A Prefeitura de Dias D’Ávila lançou uma nova metodologia interativa de aprendizagem com a implantação das mesas digitais.

Em maio de 2019 a Prefeitura de Dias D’Ávila lançou uma nova metodologia interativa de aprendizagem na rede municipal pública de ensino: as PlayTables. As mesas interativas utilizam tecnologia de ponta que irão auxiliar os professores na alfabetização das crianças. Cada uma delas possui 11 aplicativos instalados que abrangem todas as áreas de conhecimento com jogos pedagógicos de matemática, línguas estrangeiras, entre outras funções. Os professores foram treinados e continuarão recebendo suporte nas unidades de ensino.
Informações são do Instagram da Prefeitura de Dias D’Avila.

Fraiburgo (SC) – O Município de Fraiburgo obteve crescimento no IDEB com o auxílio da PlayTable.

O município de Fraiburgo, situado no meio-oeste de Santa Catarina, disponibilizou mesas digitais para as escolas públicas de educação especial. O objetivo da Secretaria Municipal de Educação foi oferecer tecnologias educacionais para auxiliar os professores a trabalharem o desenvolvimento cognitivo e motor dos estudantes que necessitam de atendimento especializado. Os professores e a coordenação pedagógica participaram de um treinamento para conhecer as funcionalidades da ferramenta e como inseri-la no plano pedagógico de forma que seja realmente inclusivo.  

Florianópolis (SC) – Escolas da capital catarinense utilizam tecnologia como aliada na educação e inclusão de crianças.

A Secretaria Municipal de Educação entregou nas escolas municipais mesas digitais interativas, que potencializam a resolução de problemas com foco na alfabetização e no letramento dos anos iniciais. E o mais legal: é totalmente acessível para qualquer tipo de deficiência. Mais tecnologia, modernidade e qualidade para o ensino dos alunos.

Playmove

Leia também

Modalidades

Categorias