Como você avalia a qualidade do ensino na sua escola?

Estamos no final do semestre e este talvez seja o melhor momento para avaliar o método de ensino usados na sua escola. É comum que as instituições de ensino e professores revisem seus métodos e suas abordagens, avaliando aquilo que tem dado certo e o que pode ser melhorado ou aperfeiçoado. Em geral, as escolas se mantêm dentro de alguns métodos de ensino mais comuns, como esses enumerados abaixo:

1. Conteudista: preocupa-se mais com conteúdos formais, sem focar tanto na individualidade do aluno ou no desenvolvimento de raciocínio lógico. A avaliação é feita principalmente por meio de provas.

2. Construtivista: incentiva a construção do conhecimento pelo próprio aluno e valoriza o pensamento e raciocínio. A avaliação também é feita principalmente com provas, mas essas têm um caráter de diagnóstico do aprendizado do aluno, apontando o que pode ser melhorado.

3. Interacionista: aborda o ensino com ênfase no desenvolvimento social. O aprendizado decorre da compreensão do homem como um ser em contato com a sociedade. Os estudantes são incentivados a realizar trabalhos em grupo e o desenvolvimento é derivado da linguagem (pode ser combinada com a construtivista). Apesar de também usar provas, conta com métodos de avaliação mais livres, como trabalhos em grupo.

4. Waldorf: valoriza o bem-estar da criança no mundo e passa o conteúdo de maneira mais lúdica, por meio de poemas, música ou artes visuais. Não costuma adotar material didático, mas propõe que o aluno construa o seu próprio material de consulta no caderno. As avaliações são contínuas e diversificadas em diferentes formatos, que são usados também como diagnóstico e base para os futuros trabalhos.

É bem comum que os métodos de ensino se misturem. Por exemplo: uma mesma escola pode usar o método Waldorf de forma predominante no ensino infantil e o construtivista no ensino fundamental, por avaliar que fases diferentes da infância demandam métodos distintos. A complexidade na gestão da educação é administrar as expectativas dos pais, as necessidades das crianças e a formação dos gestores e professores, de modo a chegar a um bem comum.

Por isso, avaliar o método de ensino frequentemente é fundamental para obter bons resultados de aprendizagem e garantir um ambiente de trabalho satisfatório aos professores. Também deve ficar claro que o método da escola, para além das escolas de pensamento, deve ser construído com base em valores e ações que a instituição acredita ser melhor para as crianças. Por isso, cada escola será diferente da outra, ainda que ambas usem o mesmo método.

Como saber o que pode ser melhorado no seu método de ensino?

Usar ferramentas de avaliação múltipla, aplicando questionários anônimos entre professores e pais de alunos, pode ser um bom método para identificar pontos a serem melhorados. Numa pesquisa rápida na internet é possível encontrar propostas de questionários para autoavaliação da direção e para avaliação de funcionários, professores, alunos e pais de alunos. Eles podem ser adaptados conforme as necessidades e reclamações mais corriqueiras, para avaliar o que de fato precisa ser mudado para que haja melhor aproveitamento dos alunos.

E você, também faz avaliações do trabalho feito na sua escola?

Playmove

Leia também

Modalidades

Categorias